O mundo quase explodiu por causa de um PSP

PSP-WorldsEnd

Mesmo para quem é mais viciado, a ponto de passar madrugadas acordado para jogar videogame, existe um limite para o entretenimento eletrônico interativo. Um desse limites envolve a ocasião mais propícia para se iniciar uma jogatina portátil: tá de bobeira no busão? Ok, manda bala. Foi buscar a namorada no serviço e ela tá enrolando pra descer? Sem problemas. Ligar seu pequeno notável em uma seção proibida de uma usina fabricante de armas nucleares? Melhor não…

[pigarro]

Acho que a resposta é até meio óbvia…mas ainda assim teve gente que preferiu ignorar a lógica  da vida – e você quase morreu por isso, sabia?

Três guardas foram suspensos de seus deveres trabalhistas – sem remuneração (rá!) – por terem sido flagrados em uma área de acesso restrito da usina Y-12, em Oak Rodge, Tennessee – uma das mais antigas do mundo, veja você – tendo em mãos um PSP. De novo: eles levaram um PSP para uma área de segurança da usina – um local onde nem mesmo celulares são permitidos PORQUE É LÁ QUE SÃO FEITAS AS ARMAS NUCLEARES. Dispositivos portáteis de qualquer espécie – sobretudo os mais atuais como o iPhone e o próprio PSP – possuem capacidades mínimas de transmissão de sinais que poderiam detonar todo o complexo.

Acho que essa seria uma boa hora para você se arrepender de seus pecados…nunca se sabe quando precisaremos estar com a ficha limpa na hora que encontrarmos São Pedro – e com coisas desse tipo acontecendo por aí…

Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s