Nunca, NUNCA interrompa uma partida de videogame!

Quando as pessoas vão aprender…ah, deixa pra lá!

Imagine, se puder, a seguinte cena: James Swan – o rapazola da foto – tem 27 anos de idade, mora com a mãe, divide o quarto com irmãos menores, é desempregado e viciado – no sentido pejorativo da palavra – em World of Warcraft. Um bosta mole, para ser educado. James Swan gosta de jogar WoW bebendo, e quando os efeitos do álcool começam a bater, ele faz o que todo bêbado chato costuma fazer: falar alto, grosso. Mamãe, então, procede às súplicas de um volume mais baixo. Adivinhem o que acontece deste ponto em diante…vai, filho, eu te espero.

James Swan, que vai descobrir os desprazeres de dores anais depois de tentar matar a pópria mãe em uma discussão sobre World of Warcraft

Esse jumento de marca maior não gostou da polidez materna de calar a porra da boca abaixar o tom e deixar os irmãos menores dormirem. Impertinente como só ele, a ofensa-mor de interromper uma partidinha de um MMO chato pra caralho durante uma cachaçada das boas subiu-lhe à cabeça, e ele então procedeu para a ignorância, agarrando a mãe pelos cabelos, jogando-a na cama e fazendo o mesmo com seu irmão caçula quando a criança foi ver o que estava acontecendo.

A mãe então foge para a cozinha, onde objetivava ligar pros hômi para a polícia, algo que não foi possível graças ao modo Need for Speed que James Swan acionou, arrancando o aparelho da parede e batendo com a cabeça furiosamente em dito local antes de tentar estrangular a mãe e ameaçar de morte o avô, que também mora na casa e, a essa altura, já tinha se envolvido na história. Mas é claro que o vovô não aceitaria uma ameaça dessas sentado, e sendo velho demais pra essa merda, foi buscar uma arma, a qual foi alvo de uma luta ferrenha de gerações com o seu neto. Final das contas: James levou um tiro de raspão na cabeça, recusou tratamento hospitalar e foi em cana. Sim, ele tá vivo, o que é lamentável.

Agora, as certezas do caso:

1) Esse cara precisa transar. Sério. Muito sério mesmo: é nisso que dá a falta de sexo. Na boa: vinte e sete anos na cara e ainda mora com mãe e irmãos? OK, isso não é condenável, mas não fazer nada quanto a isso?

2) Ele é mais resistente que um zumbi de Resident Evil. Leva um tiro na cabeça e ainda se dá ao luxo de recusar tratamento? Da próxima vez, leva quinze, só por garantia de morte!

3) Não lamento o fato dele ter sobrevivido, mas sim o fato de que – em uns dois ou três dias, aposto – muita gente “de bem” vai dizer que isso é culpa dos videogames, que são coisa do diabo, que distorcem a mente infanto-juvenil, que estragam o tubo da TV e o diabo a quatro – ignorando completamente O FATO DE QUE O CARA TAVA BÊBADO!

4) Vovô + Arma + Quero Matar Meu Neto = o mundo é seu, velhote! Você é meu herói!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s