Como NÃO se comportar no Facebook (e de quebra evitar um processo da Apple)

O Facebook, por mais intragável que possa parecer aos olhos de algumas pessoas, é uma ferramenta inegavelmente versátil: foi por causa dele (bom, parte por causa dele) que o mercado de social gaming cresceu ao ponto em que se encontra hoje, vide empresas como Zynga e Vostu (essa, mais no quase post mortem Orkut) angariando mundos e fundos apesar da pendenga judicial que uma lançou contra a outra.

Uma das ferramentas do Facebook que eu, particularmente, gosto de salientar pela sua praticidade, é a marcação de eventos. Convenhamos, como é que ninguém nunca pensou nisso antes? Um recurso dentro de um site que todo mundo acessa, para criar um evento que todo mundo, ou quase todo mundo, gostaria de ir, onde todas as informações importantes estariam concentradas em um local que, novamente, todo mundo acessa. Genial!

Mas, como toda ótima ferramenta, há quem queira explorar o “Events” de forma no mínimo “e-d-e-o-t-a”. Tipo esse povo que te adiciona no Facebook e, logo menos, começa a mandar convites de eventos relacionados a promoções que garantem um iPad em suas mãos, de graça, se você seguir essa ou aquela regra. Geralmente, tais “regras” envolvem convidar o maior número possível de pessoas (normalmente, a sua lista de amigos, o que explica a implacável necessidade de alguns de sair clicando em Add as a Friend de forma indiscriminada) para aumentar as suas chances de ganhar.

Só que você não vai ganhar nada…

A principal razão pela qual essas promoções via “Facebook Events” são a maior enganação comercial já criada desde que o Kinect foi anunciado e o 3DS foi lançado pode vir de uma empresa constantemente citada nessas mesmas promoções. Ou melhor, dos produtos dela: quantas vezes você já não recebeu um convite do tipo “Sorteio de iPad 2ª Geração”? É, pois é: a Apple é alvo constante de sorteios, freebies, giveaways e prêmios oferecidos ao público de graça.

Mas sabia que a Apple não aprova o uso de suas marcas e produtos (ou mesmo de seu nome) em qualquer coisa que não tenha sido aprovada por ela?

EIS AQUI o edital de uso da marca e dos produtos Apple justamente para esse fim:

Se você pretende oferecer os produtos Apple em qualquer forma de promoção ou usar os produtos Apple em qualquer forma de material publicitário como banners, você deve seguir esse guia. Aceitação completa é essencial pois você e/ou sua empresa poderá ser considerado responsável em caso de uso dos produtos Apple para fins promocionais sem conformidade com este guia

O uso da terminologia ‘Free’ como um modificador em qualquer referência a um produto Apple, de maneira proeminente (i.e. títulos, chamadas, linhas-finas etc.) é proibido. Adicionalmente, ‘free’ como um modificador em qualquer referência a um produto Apple de qualquer maneira menos proeminente é fortemente desencorajado a não ser que esteja claro para o usuário final que a oferta vem de uma outra empresa qualquer, e não da Apple, em retorno por algum tipo de transação (i.e ‘Abra uma conta em nosso banco e ganhe um iPod Shuffle’ ou ‘Ganhe um iPod Nano ao indicar 10 amigos para [INSIRA AQUI O NOME DA EMPRESA/SERVIÇO]

Trocando em miúdos: você pode levar processo na cachola se a Apple não aprovar a sua ação comercial com um iPad – e essa aprovação inclui até mesmo citar o nome da empresa de Steve Jobs. Voltando às citações:

Você deve entregar todo o material de marketing relacionado à promoção de produtos da Apple para revisão pela própria Apple. Favor prover o representante Apple de material com tempo suficiente para permitir à Apple completar a sua análise antes do início de uso deste material

Você NÃO poderá usar os produtos Apple e suas imagens de maneira que sugira falsamente uma associação com a Apple ou que seja passível de reduzir, diminuir ou lesar os valores, boa-vontad

e e reputação dos produtos Apple ou da própria Apple

Só para constar: a Apple não aprovou esse logo, mas ele também não lesa nem indica relacionamento desse blog com a empresa ;)

Só para constar: a Apple não aprovou esse logo, mas ele também não lesa nem indica relacionamento desse blog com a empresa 😉

Grosso, não? Isso dito, peço encarecidamente que a pessoa que quiser me repassar esse tipo de convite, não o faça. É extremamente irritante (não só para mim, um “rebelde sem causa” por natureza, mas para qualquer pessoa que não queira ver floodada a sua área de notificações). Fazer isso assim, do nada, garante uma indisposição com a(s) pessoa(s) que receber essa mensagem, podendo até levar uma exclusão (sim, isso foi uma indireta) do círculo virtual de amizades.

(Re)Aprenda a usar o “Events” do Facebook da forma como ele foi originalmente concebido: um espaço para avisar seus amigos mais queridos daquela festa que você vinha planejando, a qual você quer que todo mundo que você gosta compareça. Não transforme em um problema uma ferramenta que só vai te fazer bem.

[FONTE]: Apple Promotional Use Guideline (em inglês) (valeu, Kenji!)

Anúncios

2 comentários

  1. Pingback: R.I.P Zé Gotinha (1986 – 2011) « Arbuladas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s